bodrum escort bayan dls 2021 mod apk not pdf email account free wordpress themes

Outros colaboradores

A

Almeida, A. Duarte de, pseud. de Carlos Bregante Torres, Editor Literário, também Autor e Tradutor

 

Bregante TorresA. Duarte de Almeida
 (Lisboa, 1879 – Lisboa?, 1973)

A. Duarte de Almeida, pseudónimo de Carlos Bregante Torres, foi uma figura basilar na Romano Torres, não só porque aí colaborou enquanto tradutor e editor literário, como também por participar activamente no negócio familiar da editora, já que era o filho primogénito de João Romano Torres.

A partir de 1907, ao ter-se tornado sócio da editora depois de alguns anos como gerente, a firma passou a tomar o nome João Romano Torres & C.ª.

Casou-se em 1900 com Palmira de Jesus Castelo Branco Lucas, de quem teve apenas uma filha. Foi comendador da Ordem de Benemerência da Cruz Vermelha Espanhola.

A sua actividade na editora sob o pseudónimo A. Duarte de Almeida foi intensa, contando com mais de 70 colaborações, com especial relevo para a Enciclopédia histórica de Portugal (1937), por si dirigida. Esta enciclopédia era composta por 12 volumes profusamente ilustrados. Dirigiu também A mulher médica na família: higiene e medicina pratica (1921) e várias obras de cariz histórico, como as que se inserem na colecção «Portugal Histórico» (por exemplo, Os últimos Braganças, de 1936).

Como tradutor, a obra que mais se destacou pelo elevado número de reimpressões (16) foi John, chauffeur russo, de Max du Veuzit, mas também traduziu títulos variados de diversos autores, desde Emílio Salgari a Perez Escrich.

 

Afonso Reis Cabral
4-12-2013

 

Bibliografia activa (selecção de algumas obras)


Tradutor

A prosa da glória, [19--], Enrique Perez Escrich, Lisboa: João Romano Torres.
Localização:        L. 14078 P. (BNP)

A mascara da vergonha, [D.L. 1923], Georges Ohnet, Lisboa: João Romano Torres.
Localização:        L. 19625 P. (BNP)

O solar dos castanheiros: romance, [1939], Max du Veuzit, 2.ª ed., Lisboa: João Romano Torres.
Localização:        L. 32351 P. (BNP)

John, chauffeur russo: romance, 1942, Max du Veuzit, 4.ª ed., Lisboa: Romano Torres.
Localização:        L. 34209 P. (BNP)

O rei da montanha, 1958, Emílio Salgari, 2.ª ed., colecção «Salgari» n.º 29, Lisboa: Romano Torres.
Localização:        L. 47518 P. (BNP), I82-3(08) SAL29 (Bibl. Públ. Penafiel)

Editor literário

A mulher medica na familia: hygiene e medicina pratica: obra elaborada segundo os melhores trabalhos dos especialistas modernos, 1921, Lisboa: João Romano Torres.
Localização:        S.A. 9086 V. (BNP); P-A-264 (Bibl. Pub. Mun. Porto)

Os últimos Braganças: reinados de D. Carlos e D. Manuel II, 1889-1910, 1936, colecção «Portugal Histórico», n.º 11, Lisboa: João Romano Torres.
Localização:        H.G. 24278 P. (BNP); 946.9″18″BRA (Univ. Católica Port. – Bibl. João Paulo II); EG379XI (Bibl. Mun. de Elvas); 1332/11 (Biblioteca das Academia das Ciências de Lisboa)

Enciclopédia Histórica de Portugal, 1937, Lisboa: Romano Torres.
Localização:        BNP: P. 11887 P. (1.º v.), P. 11888 P. (2.º v.), P. 11889 P. (3.º v.), P. 11890 P. (4.º v.), P. 11891 P. (5.º v.), P. 11892 P. (6.º v.), P. 11893 P. (7.º v.), P. 11894 P. (8.º v.), P. 11895 P. (9.º v.), P.11896 P. (10.º v.), P. 11897 P. (11.º v.), P. 11898 P. (12.º v.)

O Mestre de Aviz: romance histórico, 1940, Carlos Pinto de Almeida, Lisboa: João Romano Torres.
Localização:        L. 33484 P. (BNP)

O medico da familia: obra elaborada segundo os melhores trabalhos dos especialistas modernos, [1942], Lisboa: João Romano Torres & Ca.
Localização: S.A. 16680 V. (BNP)

 

Bibliografia passiva

Andrade, Adriano da Guerra, 1999, Dicionário de pseudónimos e iniciais de escritores portugueses, Lisboa: Biblioteca Nacional, p. 19.

«Carlos de Bregante Torres», ficha genealógica no sítio GeneAll (última consulta a 6-12-2013).

Medeiros, Nuno, 2013, «João Romano Torres e C.ia: hermenêutica social de uma editora», Escola de São Paulo de estudos avançados sobre a globalização da cultura no século XIX (última consulta 5-12-2013).

«Recreio, Empresa Editora do», 1912, verbete in Portugal, dicionario histórico, chorographico, biographico, bibliographico, heraldico, numismatico e artístico, vol. VI, Lisboa: João Romano Torres & C.ª – Editores, pp. 134-5

«Torres, João», 1915, verbete in Portugal, dicionario histórico, chorographico, biographico, bibliographico, heraldico, numismatico e artístico, vol. VII, Lisboa: João Romano Torres & C.ª – Editores, p. 179.

«Torres, Lucas Evangelista», 1915, verbete in Portugal, dicionario histórico, chorographico, biographico, bibliographico, heraldico, numismatico e artístico, vol. VII, Lisboa: João Romano Torres & C.ª – Editores, pp. 181-2.

 

G

Marques, Maria Amália, início sec. XX-ca.1985

O livro das raparigas, 16.ª série

O livro das raparigas, 16.ª série

Mariália
(?, início do século XX – Lisboa, ca. 1985)

Mariália, pseudónimo de Maria Amália Marques, terá nascido no início do século XX e morrido provavelmente em 1985, decerto antes do seu marido Gentil Esteveira Marques[1], importante colaborador da Romano Torres

A julgar pelos registos da Porbase, Mariália trabalhou quase em exclusivo com a Romano Torres. Estreou-se aí com a direcção literária de O livro das raparigas a partir dos anos 40. Estes livros eram breves antologias de textos, nacionais e estrangeiros, pensados para o público infanto-juvenil feminino da época. Na 4.ª série (1947), por exemplo, encontramos uma biografia de Lucrécia Mott, activista do século XIX contra a escravatura; uma novelização de um filme dedicado à vida das irmãs Brontë sob o título Devoção; um texto sobre o romance Forever Amber, de Kathleen Winsor, etc. O livro das raparigas chegou pelo menos até à 16.ª série, em 1951.

Para além desta colecção dedicada ao público feminino, também adaptou para a Romano Torres dois filmes da Metro Goldwyn Mayer para romance: Refugiados (1944) e A família Miniver (1944).

Afonso Reis Cabral
05-03-2014

 

Bibliografia activa (selecção de algumas obras)

 

A família Miniver, 1944, romance inspirado no famoso filme Mrs. Miniver da Metro-Goldwyn Mayer, 2.ª ed., Lisboa: Romano Torres.
Localização:        L. 36071 P. e L. 36492 P. (BNP)

Refugiados: romance, 1944, adaptação do argumento do filme Refugiados da Metro-Goldwyn-Mayer, Lisboa: Romano Torres.
Localização:        L. 22848 P. e L. 98510 P. (BNP)

O livro das raparigas, 1947, 4.ª série, Lisboa: Romano Torres.
Localização:        L. 99589 P. e C.G. 6395 P. (BNP)

O livro das raparigas, 1951, 16.ª série, Lisboa: Romano Torres.
Localização:        C.G. 6395 P. (BNP)

 

Bibliografia passiva

Andrade, Adriano da Guerra, 1999, Dicionário de pseudónimos e iniciais de escritores portugueses, Lisboa: Biblioteca Nacional, p. 189.

 


[1] Vd. verbete dedicado a este autor.

R

S